Ausente

Na tentativa de coordenar as idéias... Mil coisas estão acontecendo. Coisas boas, mas todas ao mesmo tempo.
Tenho muito para dizer sobre o livro que estou lendo, os filmes que vi, as dúvidas dos instantes. Sinto que a agilidade do dia está tornando tudo à minha volta, imemorável.
Hoje descobri, que já não vivo sem anotar tudo o que tenho a fazer... Minha memória anda ruim.

3 comentários:

Moça do Fio disse...

Ai, ai...

Incrível como hoje não fazemos nada devagar. É tudo às pressas... e não há remédio para isso!! Que coisa, não?

Quero ler depois o que você anda lendo. Certim?

Deixe a porta aberta [virei mais vezes].

=****

Danitza disse...

Olá, Moça do Fio... a porta está aberta, pode entrar sempre que quiser.

É uma necessidade constante de tudo ao mesmo tempo agora.

Os livros: além do Crime e Castigo que está avisado aqui no blog, tem também - Elogio da Loucura de Erasmo de Rotterdam e Tradução Intersemiótica de Julio Plaza... Essa coisa da pressa faz com que eu leia tudo junto. Acho que é busca do tempo perdido.

Abraços e volte sempre!

ROSÁLIA LERNER disse...

Que lindo seu blog,e os livros sobre esta poltrona cor-de-rosa, este texto tão curtinho e tão curtido, denso, imenso!!!
Um bom abraço.Volto logo!!