Neste instante...

Meu coração bate intensamente, chego a pensar que tenho dois. Um que é o bem e outro que quer ser o mal. Às vezes gostaria de ser má. Odiar intensamente; não perdoar; não compreender. Lembro-me de uma samba: - “Não sai de mim”. Essa intensidade do bem, não sai. Está impregnada. Ouvi a mesma música várias vezes, quem sabe não estive à espera da simples transformação das palavras?! Que os pensamentos também pudessem compor uma música... Um samba, um tango, um bolero; mas eu gosto mesmo é de jazz. O primeiro que ouvi – Naima – feito por amor. O encontro do amor supremo. Acho que é por isso que não sou má, acredito no amor supremo, pleno e absoluto. Em busca dele, toda forma de bem é válida e falível. Odeio quando todos não podem amar na mesma proporção do meu amor. Descobri: também sei odiar! Odeio!

6 comentários:

Moça do Fio disse...

Ahá!!

Bem vinda ao mundo dos normais: os que (também) sabem odiar.

Durante muito tempo, e até hoje em algumas situações, eu me pego pensando que sou um monstro porque eu odeio algo ou alguém, ou os dois. Mas isso é a nossa essência. Inseparáveis.

Duvido muito que um dia consigamos o feito do Jeckyll e Hyde. E sendo assim, formados de virtudes e defeitos, é que somos maravilhosos, irresistíveis.

Beijos.

Danitza disse...

Ando sendo a blogueira mais relapsa... É esse tempo relativo!
Demoro, mas respondo!

Bem, estou ensaiando os primeiros passos, despertando as coisas "ruins"...rs. Vivendo!

Beijos para você!

Ps.: Toda vez que leio Moça do Fio lembro da Menina da Lua, conhece?

Moça do Fio disse...

Menina da Lua?

Não, não conheço. É um Blog?

Saudade d'ocê. Não suma =))

Beijos.

Danitza disse...

Menina da Lua é uma música de Renato Motha, gravada por Maria Rita... linda!
Sempre pensei na "Menina da Lua" ser alguém como você.

Abraços

Moça do Fio disse...

Uau!!

Eu não conhecia... e é porque adoro Maria Rita. Esta música é do cd de samba dela?

Vi a letra, é maravilhosa. Sinto-me feliz com a comparação. Obrigada =))

Você é doce ;-))

Beijos.

Danitza disse...

é do primeiro cd "Maria Rita"... Então vasculhe e encontre o Renato Motha, é maravilhoso. Ele tem um CD chamado Dois em Pessoa, que é magnífico.

Obrigada e beijo para você.