Cântico dos Cânticos

"Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço; porque o amor é forte como a morte; e duro como a sepultura, o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, são veementes labaredas.
As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios, afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor, seria de todo desprezado."
8:6,7

7 comentários:

Ana Paula Siqueira disse...

wowwwwwwwwwww
falou tudo!!!
Lindo lindo!!!!
bjos

Moça do Fio disse...

Isso porque nenhuma força é tão intensa e abrangente como o amor.

Beijos.

Danitza disse...

É isso que eu quero. É possível?

Beijos, nas duas!

Marcos Campos disse...

Olá!!
Super legal!
Essa é a força!
Beijos!!

tarcisioldepaula disse...

E porque não seria? "Forte como a morte"

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Lovisdemanisplendorting...
Acha sim...
Bjs!

Danitza disse...

Beijos também Christina...
Para o instante: Lovis improbabile!